palavras, idiossincrasias, verbos
o imaginário de uma teuto-oriental tupiniquim

~ ? ~ kk ~ archives ~ bookshelf ~ lyrics ~


 
 

Segunda-feira, Agosto 27, 2001

 
 

~11:40~

moulin rouge 3
outras referências
o cenário colorido do moulin rouge em contraste com a paris decadente de 1900
a cidade desenhada quase como a torre de babel do bruegel
por fora tudo é cinza ou sépia. quando os dois estão juntos do lado de fora o cinza vira sépia
ela sai de seu mundo para levar um tantinho de cor, ainda que pálido para as ruínas da civilização moderna
quando ele está só com seus fantasmas, sua escrita, tudo volta a ser sombrio...

o moulin rouge é a síntese da boemia, liberdade e do amor
bem revolução francesa: liberdade, igualdade, fraternidade
na boemia todos se encontram, todos são iguais
no amor, tudo é fraterno, tudo é compartilhado

o filme é kitsch demais e por isso mesmo é lindo e irônico, satírico
alucinado
um conto de fadas, uma pintura, uma irônica tragédia musical

por kktanaka ~

 
 

 

 
 
~ ? ~ kk ~ archives ~ bookshelf ~ lyrics ~
Powered by Blogger