palavras, idiossincrasias, verbos
o imaginário de uma teuto-oriental tupiniquim

~ ? ~ kk ~ archives ~ bookshelf ~ lyrics ~


 
 

Sexta-feira, Junho 22, 2001

 
 

~14:27~

enviado por ze
de Lenine

mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
até quando o corpo pede um pouco mais de alma
a vida não para

enquanto o tempo acelera e pede pressa
eu me recuso, faço hora, vou na valsa
a vida é tão rara

enquanto todo mundo espera a cura do mal
e a loucura finge que tudo isso é normal
eu finjo ter paciência

o mundo vai girando cada vez mais veloz
a gente espera do mundo e o mundo espera de nós
um pouco mais de paciência

será que é tempo que lhe falta pra perceber
será que temos este tempo pra perder
e quem quer saber? A vida é tão rara


:: ["jah teve uma necessidade urgente de sair
de onde voce esta, ir ao aeroporto,
pegar o primeiro aviao para o mais longe possivel?
ou pegar o carro e dirigir, dirigir, dirigir...
ate a estrada acabar ou onde o carro te levar..."]

quem não teve que atire a primeira pedra
mas é duro. amigos sofrem as vezes com
isso...
amigos de verdade sofrem

por kktanaka ~

 
 

 

 
 
~ ? ~ kk ~ archives ~ bookshelf ~ lyrics ~
Powered by Blogger