palavras, idiossincrasias, verbos
o imaginário de uma teuto-oriental tupiniquim

~ ? ~ kk ~ archives ~ bookshelf ~ lyrics ~


 
 

Terça-feira, Maio 15, 2001

 
 

~17:17~

Eu Caminhava
(Nenhum de Nós)

Eu caminhava
Minhas pernas se encontravam
e se despediam
Vencendo cruzamentos,
ganhando esquinas,
chegando a lugares
que de onde
eu enxergava.
Um estranho
encostado na parede
mostrou os
braços
Longos brancos
braços marcados
ofereceu a prisão
longos dias contados
entre um tiro
e um espelho
eu o deixei

Eu caminhava
e fingia
que o tempo passava
Eu caminhava
e fingia
Eu caminhava
e fingia
que conhecia as pessoas
e fingia
que gostava de alguém
e fingia
que o tempo passava

por kktanaka ~

 
 

 

 
 
~ ? ~ kk ~ archives ~ bookshelf ~ lyrics ~
Powered by Blogger