palavras, idiossincrasias, verbos
o imaginário de uma teuto-oriental tupiniquim

~ ? ~ kk ~ archives ~ bookshelf ~ lyrics ~


 
 

Sábado, Abril 21, 2001

 
 

~01:14~

agora é de verdade
sou uma graduada em "comunicação social com habilitação para editoração"
é chique no úrtimo!
o processo todo demorou cinco minutos e mais uns 10 para requisitar o diploma
o trânsito é que demorou...
mudou alguma coisa?
1. cela especial (essa é velha, fora de moda, infame etc, mas vai saber, né?)
2. não sou mais uma estudante (bom... desde há mto tempo... mas agora é sério)
3. sou uma graduada o que significa que... ??? currículo? portfólio? apesar de trabalhar com a tár de web há 6 anos (ou quase) acho que faz diferença sim
4. papel pra inglês ver
5. posso começar novos projetos como... pós-graduação. yesssssss
6. posso continuar estudando. yesssssssssss
7. posso voltar a estudar. mais yesssssssssss
8. é tão bom estudar. (ahhhh isso não poderia ser item, não... mas "eu me permito")
9. dá um sentimento estranho. de quase nada, quase muita coisa.
para explicar melhor... quase nada porque não muda praticamente nada.
quase muita coisa porque dá um sentimento engraçado de voltar à eca e sentir que não pertenço mais àquele lugar. por outro lado... acho que o vínculo é tão grande, que é tão difícil esquecer...
e... foram 8 anos. 8 anos???? tinha 20 anos quando entrei lá e agora tenho quase 30???
gente? (opa... ato falho) o que é isso???
complexo de peter pan?? acho que não. acho que sim. acho nada não

aiiiiii. a eca tá tão bonita!
tão diferente de quando entrei
eu também!
diferente, é claro! ;)
e novamente, "me permito" este texto mal escrito. essas
"mal traçadas linhas" para falar de tudo e de nada e repetir, repetir, repetir
até a exaustão - ou quase - de anos e anos e anos que não voltam
e que foram tão bem aproveitados!
e eu sei que quero mais. continuar estudando, pesquisando. vínculos, vínculos.
estou tão de volta aos umbigos ultimamente.
acho que estou voltando a fase uterina. se é que ela existe, é claro
ou seria vaginal (como no post abaixo?) ha ha ha

mais uma vez... bobbio. proust que não li, mas lerei um dia, quem sabe?

sem contar balzac. indispensável para uma mulher na minha idade.
bom... pelo menos li o diário de bridget jones que é um romance moderno e irônico.
mto engraçado. mas não deixa de lembrar sabrina, bianca etc.
para lembrar os tempos ecanos e as aulas da samira...
é a velha receita do quadrilátero amorozo bem no estilo
"biblioteca azul" de romances para moças casadoiras.
mas... a idade das moças casadoiras mudou.
já foi 9, 12, 15, 18, 22, 2??? e agora tá pra mais de 30
é... será outra velha fórmula psicobiológicamesadebotequim?
à medida que a medicina avança e a maternidade pode ser mais e mais
adiantada a gente se sente mais livre, leve e solta - bem carefree mesmo - para curtir a vida,
os homens, o sexo, as drogas e o rock in roll?

e se isso fosse algum texto que se preze eu deveria amarrar as idéias de baixo com as idéias de cima,
com o lead com nãoseioquedofiofódenãoseiquemdoporquequandocomoondequemoudos
trêsp:produtopúblicoeoquemaismesmoouentãobemaristótelescomotransmissormensagemreceptor
mas resolvi fazer assim e assim está feito.
numa rebeldia que lembra haroldo de campos ou bandeira ou malarmé
cons-tru-ti-vis-mo rus-so?
a coisa não tá russa.
e o que era o fim pode ser o começo
como em uma história meio ao contrário
como a vida em círculos do cony
será que a lua vem da ásia mesmo?
e os púlcaros? serão mesmo búlgaros?
"perguntas demais, profundas demais, irrespondíveis demais?
perguntas, perguntas, perguntas.
e me lembro de outro professor. o que fez o livro do senna
e de sua teoria da "árvore criativa"
e percebo que estou escrevendo mais ou menos assim
sem a árvore, é claro. que não fiz.
mas... um dos exercícios era bem esse
escrever... o que vier à cabeça, sem árvore,
sem bosta nenhuma, sem correção, sem merda alguma
e... talvez. é bem provável. que não deveria fazê-lo aqui
afinal. tem gente que lê. né sábia morgana?
sempre tem gente que lê as merdas que a gente fala. ou escreve?
eu já disse que me formei? acho que sim
e foi por isso que vim aqui. foi?
que besteira.
porradediárioqueélegalmasasveisagenteses
entemeiosómeioassimassimmeiotudomeionada.meio
e essa "idéia" de escrevertudojunto veio de uma lista
que assino e muito tempo não leio
vem de patpatch. pessoas, pessoas. que não vejo,
não falo, não icqueio há mto tempo.

tempo, tempo... mano velho?
sempre o tempo. sempre... einstein?
estou tão ligada ao tempo ultimamente.
à efemeridade das coisas. do tempo, da memória, das sensações.
sensações memória tempo
bela tríade essa.
teria que explorá-la melhor
mas agora toca uma música antiga no rádio.
tempo
me traz... memória-s
sensações
sentifilismentos
sensações presas na memória ligadas ao tempo
passado
e estou no presente
pensando? no futuro
bem óbvio, né?
toda teoria é óbvia? será?
todo mundo é mais óbvio do que pensa? será?
todo mundo tem um pouco de gênio e imbecil? tem?
eu sou um deles você também. ou não?
todo mundo. coletivo.
eu, persona, indivíduo.
se estamos entrando numa era mais individualista,
por que o gugu dá tanto ibope?
e a novela das oito da rede bobo de televisão?
por que todo mundo lê as mesmas coisas e
fala das mesmas coisas e tem as
mesmas idéias o tempo todo em todo lugar?
simples cultura de massa, industrial? apocalípticos, integrados?
como se fosse simples
há realmente mais mistérios entre o céu e a terra do que sonha nossa vã filosofia?
capitu traiu realmente bentinho?
os amores são possíveis?
a vaca é louca?
e o mar? morto?
um simples post de 2 linhas pode virar um monstro?
ainda bem que isso tá ficando grande.
assim a quantidade de leitores que
chegarão até o fim será bem pequena.
já que esse site tem pouca audiência.
se alguém ler essa babaquice até o fim eu diria que é louco? ha ha ha
mais do que eu? e o médico?
e os G1, G2, G3, G4?
se for por grau de insanidade, estaria eu no G8?
voz ativa, voz passiva... por que a voz passiva nunca vem antes da voz ativa?
concordância. verbal? nominal? e a regência?
e os arranjos, a melodia, a harmonia, o ritmo, a escala, as notas?
beatriz dante virgílio.
paraíso inferno purgatório
em ordens trocadas. sempre
a sensação de ordens trocadas.
sensação. de novo...
e isso parece mesmo não ter fim.
mas ainda bem porque eu já não tenho mais o que escrever e não
quero terminar essa trolha usando o velho artifício de falar com o leitor
sobre o texto que está sendo escrito e essa é a maior linha sem quebra
que escrevo nesse [boop it] e acho que não é uma
boa idéia porque ferra todo o
sistema de publicação e a normalização
e é o maior texto que escrevo sem pontuação
porque já que é pra escrever porcaria que seja mal escrita
por que bosta pouca é bobagem?
e chega de bosta e de merda. e acho que tá faltando kraio nesse texto.
kraiokraiokraio.
é só no texto mesmo?
ha ha ha
macaquita kk na parada
vai na frente que eu não vou não
ou vou, vai saber, né?

e a linha que disse que não ia quebrar, quebro depois de ver o resultado.
estourou meu lindo e desatualizado lay-out. e essa coisa de ternet
que sempre tem que atualizar e o escambau, tira a graça de muita coisa
e isso é uma errata. sim.
e quebrei tudo bem nem aí mesmo.
sem se preocupar com a editoração?
ahhhh... nem aí...
não nesse momento de rebeldia e insanidade nonsense
divertido anyway

por kktanaka ~

 
 

 

 
 
~ ? ~ kk ~ archives ~ bookshelf ~ lyrics ~
Powered by Blogger