palavras, idiossincrasias, verbos
o imaginário de uma teuto-oriental tupiniquim

~ ? ~ kk ~ archives ~ bookshelf ~ lyrics ~


 
 

Terça-feira, Março 06, 2001

 
 

~11:26~

Honra: uma virtude política sagrada para Mário Covas

06:43 06/03
Maria Lúcia Delgado, repórter iG, em Brasília

[...]
“Se amanhã a revista a quem estou processando fosse condenada a me pagar alguma coisa, de que me valeria isso? Quantos cruzeiros vale a minha honra? Que ressarcimento de natureza pecuniária ela poderia ter-me dado, de tal maneira que pagasse essas “penas de pato” que já jogou à Nação e que são impossíveis de serem recolhidas?”.

Para Mário Covas, a honra era uma virtude que não poderia ser manchada, sobretudo na vida pública.
(grifo meu)

por kktanaka ~

 
 

 

 
 
~ ? ~ kk ~ archives ~ bookshelf ~ lyrics ~
Powered by Blogger