palavras, idiossincrasias, verbos
o imaginário de uma teuto-oriental tupiniquim

~ ? ~ kk ~ archives ~ bookshelf ~ lyrics ~


 
 

Quinta-feira, Setembro 28, 2000

 
 

~15:10~

o amor espalha-se no vento, na brisa, no cheiro de mar que tornou meu sonho leve e alegre, nas cores que estão mais exuberantes em determinadas horas do dia. o amor penetra pelos poros da pele e torna o ar mais fresco ou mais pesado. a água mais clara ou turva. o whisky amargo ou aveludado. as cores, os aromas e os sabores. dos bombons recém abertos. da novidade. do inesperado. do dito, do observado. do intuído. e o sangue correndo alucinado com a insólita mistura de toxinas, hemoglobinas, serotoninas e outras inas. e a gente tentando passar por escritores. mas antes, brincando de viver.

por kktanaka ~

 
 

 

 
 
~ ? ~ kk ~ archives ~ bookshelf ~ lyrics ~
Powered by Blogger